Valorização da criança é tema de ato público

Ato público

537072_736768776349853_1794318022_n

Voluntários da sociedade civil promovem ação coletiva Criança brinca, mas não é brinquedo, contra o abuso, a exploração infantil, os maus tratos e a desconstrução da infância.

Em comemoração ao dia das crianças, no próximo sábado, 19 de outubro, pela manhã, a praia de Boa Viagem recebe a ação coletiva Criança brinca, mas não é brinquedo. O ato, que é organizado pela Rede Mãos Que Ajudam e pelo grupo Missões Urbanas Recife, reúne voluntários da sociedade civil na luta pela valorização da criança, contra o abuso, a exploração infantil, os maus tratos e a desconstrução da infância. A ação prevê a realização de diversas atividades para crianças e pais, como contação de história, pintura corporal, vacinação contra maus tratos, flash mob, distribuição de panfletos educativos, intervenção urbana e distribuição de água.

A iniciativa tem como principal objetivo promover uma ação educativa para sensibilizar a sociedade em relação à gravidade da violência sexual e dos maus tratos contra crianças e adolescentes. “Acreditamos que a importância desse ato é trazer a tona um assunto que tem sido negligenciado pela população em geral, seja por medo, seja por desconforto. Queremos chamar a atenção para essa problemática, pois há muitas pessoas que sofreram e sofrem com essa questão e estão em silêncio, precisando de ajuda. Queremos gerar sensibilidade para identificar essa situação e enfatizar a importância de uma infância e juventude saudáveis para todos os indivíduos e, consequentemente, para a sociedade.”, afirma Alesson Gois, um dos organizadores do evento.

A ideia surgiu a partir da reunião de ministérios cristãos que, ao discutir o tema, sensibilizaram-se diante do número de 34.142 denúncias de exploração sexual contra crianças e adolescentes nos quatro primeiros meses de 2012, de acordo com dados da Secretaria de Direitos Humanos. Ao serem confrontados pelas estatísticas, decidiram, então, fazer algo para denunciar a infância roubada dessas crianças submetidas ao abuso, à exploração sexual e aos maus tratos. Através de atividades lúdicas e aproximação pessoal, o foco está na promoção da justiça social pela luta contra esses crimes e na divulgação de formas de combatê-los.

Serviço
Ato público
Criança brinca, mas não é brinquedo!

19 de outubro, 2º Jardim de Boa Viagem, às 8h

Mais informações: (81) 9925.8454

Contatos para mais informações:

Alesson Gois (Missão Urbana Recife - organizador do evento) – 81 9925.8454

Natália Faria (Missão Urbana Recife - organizadora do evento) – 81 9755.6026

Janaína Lima (Rede Mãos Que Ajudam - organizadora do evento) – 81 9716.4237

Ailce Moreira (assessoria de imprensa) - 81 8738.4530/9727.7806